Vit Klitschko assume erro em revés do irmão

By | 28/05/2017

Vitali Klitschko (e) admite falha em avaliação sobre Joshua (Arquivo)

Um dos melhores combates entre pesados das últimas décadas poderia ter resultado diferente. No dia 29 de abril passado, o britânico Anthony Joshua, 27, superou o ucraniano Wladimir Klitschko, 41, ao impor nocaute técnico no 11º giro, mantendo o cetro FIB e abocanhando o de supercampeão AMB. Um mês depois da batalha, o ex-campeão Vitali Klitschko avalia que parte do insucesso do irmão mais novo deve ser creditada a ele.

“Estava convencido de que Joshua não conseguiria manter o ritmo forte e a velocidade nas rodadas finais devido à sua grande musculatura que exige maior consumo de oxigênio. Pedi ao meu irmão para diminuir os ataques a partir do sétimo round”, destaca Vit Klitschko. No sexto capítulo, Wlad Klitschko derrubou Joshua, mas não conseguiu finalizar o confronto.

Integrante do córner do irmão desde o início da carreira, Vit Klitschko desta vez orientou o irmão a se manter mais longe do britânico à espera dos minutos derradeiros. “Pensei que Joshua ficaria cada vez mais lento até ficar fadigado, aumentando as chances de Wladimir. O ideal talvez tivesse eu ter pedido para acabar com Joshua o mais rápido possível”, admite o antigo detentor do cinto CMB e atual prefeito de Kiev, capital da Ucrânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *