Maconha é segredo para longevidade de Bob Arum

By | 08/12/2017

Bob Arum faz 86 anos e revela consumir maconha há mais de 50 (Reprodução)

Um dos promotores mais respeitados do mundo em todos os tempos, Bob Arum completa nesta sexta-feira 86 anos e, amanhã, celebra mais um evento importante com o confronto inédito entre dois bicampeões olímpicos, Vasiliy Lomachenko e Guillermo Rigondeaux, no mítico Madison Square Garden de New York (EUA). Muitas pessoas ficam intrigadas em saber qual o segredo da longevidade de Bob Arum, ainda personagem enérgico e com disposição invejável.

“Se me fizessem um exame de doping, eu seria aprovado?”, brinca Bob Arum em entrevista concedida à CBS Sports. O veterano empresário revela que não toma drogas para melhoria de desempenho, mas consome seus cigarrinhos de maconha de vez em quando. Ele pode falar abertamente sobre o tema já que mora no estado americano de Nevada, onde a substância é vendida regularmente e não é tratada como violação de lei. “Eu me declaro culpado por isso! Afora esse ponto, eu mantenho meu corpo muito bem, em boa forma”.

Arum não se furta a apontar os benefícios do consumo regular da maconha que faz há mais de cinco décadas. “Comecei a usar (a droga) em 1966. Adolescentes e crianças não devem fazê-lo porque seus cérebros ainda estão sendo formados. Mas, em 1966, eu já estava na casa dos 30 anos quando iniciei. Não faço no trabalho. Faço em momentos de recreação”, assinala o empresário.

Ele lembra que durante o período do antigo presidente do Estados Unidos, Richard Nixon, foram propostas leis que colocaram a cannabis (princípio ativo da maconha) em posição semelhante a drogas pesadas como cocaína e heroína. “Creio que agora as pessoas residentes em estados como Colorado, Oregon, Washington e, logo, Califórnia, podem ir a lugares e comprar a maconha legalmente, como eu faço em Nevada”, ratifica Arum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *