Laila Ali tem desafio por luta com Claressa Shields

By | 21/01/2018

Ali (e) está fora do esporte há 11 anos; Shields é campeã unificada supermédio (Montagem: Carrera)

Muitas vezes ficar de boca fechada evita vexames previsíveis. Entretanto, sem medir palavras, Mark Taffet está pedindo para que Laila Ali, 40, saia do retiro esportivo de 11 anos para enfrentar sua pupila Claressa Shields, bicampeã olímpica, de apenas 22 anos, em plena atividade, com cinco lutas e atual dona dos cinturões CMB e FIB supermédio (76,2k). É a mesma classe de peso em que a herdeira do lendário Muhammad Ali construiu sua trajetória.

Para justificar sua ideia, Taffet lembra que durante mais de duas décadas trabalhou na HBO promovendo lutas de homens e mulheres. “Se você (Laila Ali) quer um grande combate para seus 40 anos, possamos fazer história e romper o teto de cristal para sempre, eu estou pronto. Vamos manter contato”, provoca o empresário por meio das redes sociais.

Invicta e campeã

Laila Ali (24-0-0, 21 KOs) foi uma das maiores responsáveis pela respeitabilidade do boxe feminino. Carregando nome famoso e procurando afastar-se das pressões naturais, ela estreou em outubro de 1999 e saiu em fevereiro de 2007, sem qualquer derrota e enfrentando as melhores rivais de seu tempo. Depois de obter o título mundial pela Wiba (Associação Internacional de Boxe Feminino), ela consagrou-se definitivamente com a conquista do cetro do CMB, sendo a primeira da história pela divisão supermédio da entidade.

O desafio lançado por Taffet certamente não mexerá com as atribuições de Laila Ali. Além de ser garota-propaganda de grandes marcas – pode ser vista no Brasil, por exemplo, em comercial de renomada produtora mundial de automóveis -, ela mantém programa na TV sobre cuidados com a saúde e ainda encontra tempo para dedicar-se a causas sociais tão bem disseminadas por seu pai, falecido em 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *