Joshua contra-ataca e busca unificação em 2018

By | 08/11/2017

Joshua tem condições de apresentar ofertas financeiras melhores a seus concorrentes (Reprodução)

Sem esconder o incômodo por tantas cobranças para que lute contra outros campeões o mais breve possível, o britânico Anthony Joshua, 28, enviou recado aos seus detratores: ele quer a unificação de todos os cinturões dos pesos pesados até o fim de 2018. E para comprovar suas palavras, o dono do cinto CMB autorizou seu promotor Eddie Hearn a iniciar conversações com os representantes do americano Deontay Wilder, campeão CMB, e também do neozelandês Joseph Parker, reinante OMB.

“Realizar essas grandes lutas nunca é fácil, mas espero encontrar o equilíbrio entre a realidade e a fantasia para combinar tudo e fazê-las”, comenta Hearn que manteve contatos informais com Shelly Finkel e Al Haymon (promotores de Wilder) e David Higgins (de Parker). O que parece claro é que o poder de atrair grandes multidões para estádios no Reino Unido fortalece a posição de Joshua para enfrentar seus concorrentes em solo próprio, ampliando os ganhos com bolsas, patrocínios, direitos de TV e comercialização pelo sistema pay-per-view (pague para ver). Dificilmente, Wilder e Parker conseguirão apresentar ofertas superiores as de Joshua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *