Em despedida, Freitas cai e ganha na pontuação

By | 12/11/2017

Veterano Popó Freitas escapou de surpresa ruim em sua luta final (Reprodução)

Conta fechada! Depois de quatro títulos em duas categorias de peso, o brasileiro Acelino Popó Freitas, 42, decretou o fim de sua carreira ao superar por pontos o valente mexicano Gabriel “El Rey” Martinez, 30, em combate encerrado na madrugada deste domingo no Ginásio Mangueirinho, da cidade de Belém, capital do estado do Pará (Brasil). O antigo campeão experimentou a lona, revelou cansaço precoce, viu o rival ter ponto descontado para, enfim, ser declarado vencedor unânime em 75-74; 76-73 e 75-74.

Emocionado com sua última aparição profissional, a quarta despedida oficial de Popó Freitas (41-2-0, 34 KOs) escapou por pouco de uma surpresa bem desagradável. O boxeador nacional ainda começou bem o confronto no primeiro giro, contudo, sofreu queda na segunda etapa (mesmo que nada grave) e precisou cavar fundo para reverter seu triunfo por pequena margem.

Não fosse a penalização de um ponto a Martinez (29-11-1, 16 KOs) na sétima passagem por golpe aplicado após o gongo, o resultado final teria sido empate por maioria. “Minha história está aí para ser contada para meus filhos, netos e bisnetos. Já bati o suficiente. Agora é voltar para casa”, declarou Popó Freitas logo após o embate com o asteca que atraiu cerca de sete mil pessoas ao local do espetáculo. O ex-campeão está certo. Há um momento na vida em que sair de cena é questão de bom senso. Freitas já deveria ter parado definitivamente em 2012 quando retornou depois de hiato de cinco anos para suplantar o compatriota Michael Oliveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *