Boxeador é morto ao sair de ginásio de Barrera

By | 22/06/2017

Ulises Hueto (e) treinava no ginásio de Marco Antonio Barrera (Reprodução)

A polícia ainda não tem pistas dos assassinos do boxeador mexicano Ulises Hueto atingido por ao menos 10 tiros na última terça-feira bem próximo do Barrera Gym, academia pertencente ao lendário Marco Antonio Barrera, na colônia de Juventino Rosas de Iztacaldo, na Cidade do México. O lutador ainda estava com roupas esportivas e se dirigia à sua casa por volta das 13 horas. Hueto tinha 33 anos, era casado e deixa duas filhas de 14 anos e 18 meses.

Segundo testemunhas, dois criminosos a bordo de motocicleta pararam ao lado de Hueto e efetuaram os tiros, provavelmente com silenciadores, pois o barulho foi de baixa intensidade. A região do crime é considerada uma das mais violentas no México. Jorge Barrera, irmão do famoso boxeador e diretor do ginásio, revelou que o atleta morto há dois dias era tranquilo, auxiliava outros competidores e nunca revelou qualquer inimizade. Oficialmente, Hueto tinha apenas dois combates registrados, com duas derrotas (uma em decisão dividida e outro por pontos) ambas para o compatriota Mario Cazares, a última no mês de março passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *