Argentina também impede ingresso de Tyson

By | 11/11/2017

Passado de crimes de Tyson impediu entrada nos países sul-americanos (Getty Images)

Foram dois golpes duros no mesmo dia. O lendário Mike Tyson, 51, também teve negado seu embarque na Argentina logo após ter sido impedido de entrar em solo chileno na última quinta-feira. As razões foram as mesmas: o antigo rei dos pesos pesados conta com extensa lista de antecedentes criminais, incluindo cumprimento de pena de três anos de prisão por estupro (1992) e mais alguns meses no cárcere por agressão a motoristas após acidente de trânsito (1999).

Depois de ter sido barrado pela Polícia de Investigação (PDI) no aeroporto da capital Santiago, no Chile, Tyson planejou embarcar em voo da Aerolíneas Argentina com destino a Buenos Aires. Contudo, os agentes chilenos logo entraram em contato com a companhia aérea e comunicaram o interesse do mais jovem campeão dos pesados da história.

Como os argentinos promoveram recentemente mudança na lei, a fim de impedir o ingresso de pessoas com histórico de crimes, Tyson não obteve autorização para o traslado e acabou sendo colocado em voo direto para os Estados Unidos. Inicialmente, o antigo boxeador desembarcara no Chile para ser anfitrião de cerimônia do canal Space que premia os melhores filmes de ação.

Relembre:

Mike Tyson tem negada entrada no Chile

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *