Antes de Falcão, Murata mira defesa com italiano

By | 13/01/2018

Ryota Murata espera definição sobre defesa voluntária do título (Reprodução)

Campeão mundial AMB da categoria médio (72,5k), o time do japonês Ryota Murata, 32, vem negociando a primeira defesa voluntária do cinturão conquistado em outubro passado. O nome que surge mais forte nesse momento é o do italiano Emanuele Blandamura, 38, atual #10 no ranking da entidade, com tendência a ser realizado no próximo mês de abril, no Japão.

Campeão olímpico em Londres (Grã-Bretanha/2012) em final eletrizante sobre o brasileiro Esquiva Falcão, Murata (13-1-0, 10 KOs) supostamente poderia conceder a revanche ao atleta nacional – agora na esfera remunerada – ao longo desta temporada. Falcão ainda não está entre os Top 15 de nenhuma organização tampouco disputou um combate de 10 rounds e precisa cavar o caminho até alcançar essa possibilidade.

Se Murata, de fato, efetuar e ganhar a exposição voluntária contra Blandamura, dificilmente a AMB autorizaria ao japonês a outra defesa que não seja a obrigatória contra um dos primeiros cinco classificados em seu ranking – posição que Falcão está um pouco distante. Murata tem contrato promocional com a Top Rank (a mesma do brasileiro) em conjunto com a Teiken Boxing Club que pretende transformá-lo em estrela indiscutível dentro do solo nipônico.

Melhor do Ano

O respeito ao nome e às conquistas de Ryota Murata – que completou 32 anos ontem – o colocam como um dos candidatos a Melhor Boxeador do Ano em seu país. Ele concorre com Naoya Inoue (campeão OMB supermosca), Daigo Higa (CMB mosca) e Ryoichi Taguchi (minimosca AMB e FIB); entre as mulheres as concorrentes são Naoko Fujioka (minimosca OMB) e Momo Koseki (minimosca CMB). No próximo dia 23 haverá reunião em Tóquio para selecionar os nomes mais destacados; em 9 de fevereiro, os premiados serão anunciados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *